Homem que matou namorada no interior de RO é preso

policial | 20/01/2017 Print Friendly and PDF
Homem que matou namorada no interior de RO  preso

A prisão de Sandro aconteceu após o pai do suspeito entrar em contato com a Polícia Militar de Mirante da Serra dizendo que seu filho havia ligado para ele e confessado ser autor do homicídio.

Mirante da Serra, Rondônia - Nesta quinta- feira(19),  a Polícia Militar de Mirante da Serra prendeu  Sandro Fontes Costa ,  que é apontado como o principal suspeito de ter assassinado a facada Vanessa Cardoso Santos ,de 18 anos, na última terça feira. A prisão de Sandro aconteceu após o pai do suspeito entrar em contato com a Polícia Militar de Mirante da Serra dizendo que seu filho havia ligado para ele e confessado ser autor do homicídio  da jovem Vanessa  e que estaria escondido no sítio de um dos seus irmão na região de Alvorada do Oste.

De posse das informações,  uma Guarnição composta pelo cabo  PM DIOY e soldado  PM JATOBÁ deslocou-se-se até o sítio ,  juntamente com o pai do suspeito,  onde Sandro estava. Ele foi preso.  

Sandro relatou que o casal  havia  chegado de uma confraternização na residência  de um amigo e,  em casa,  começou a discutir. A mulher  estaria  com ciúmes de algumas garotas na festa.  

Sandro então teria pedido para que Vanessa o deixasse em paz, pois  queria dormir para  trabalhar cedo no dia seguinte. Sandro disse  que Vanessa   se armou com uma faca e continuou a discussão , foi quando o marido informou à mulher   que iria dormir na casa da  mãe dele.

Ainda de acordo com a versão do acusado,  Vanessa teria dito  que Sandro se encontraria com outra garota e com a faca teria  tentado dar um golpe no marido . Este  conseguiu desviar  e , com a faca na mão de Vanessa ,pressionou a arma  contra o tórax da mulher,  que morreu no local. 

Sandro chegou a ser encaminhado para a Delegacia de Mirante da Serra, porém,  por questões de segurança ,  foi conduzido para  a Delegacia de Ouro Preto do Oeste e apresentado ao Delegado. Ficará à disposição da justiça.