Projeto prevê recuperação e outros serviços em mais de 1.300 quilômetros de rodovias até o fim do an

estadual | 17/03/2017 Print Friendly and PDF
Projeto prev recuperao e outros servios em mais de 1.300 quilmetros de rodovias at o fim do an

Entre conclusões de obras, lançamentos de projetos de asfaltamento e restaurações de pavimentos antigos e deteriorados, o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) deve trabalhar em mais de 1.300 quilômetros de rodovias até o final de 2017. É o que prevê o projeto Asfalto Novo, lançado pelo governo de Rondônia no início do ano.

O objetivo do programa é restaurar 100% da malha viária estadual pavimentada até o final de 2018, além de programar o asfaltamento de rodovias prioritárias para o desenvolvimento do estado, que terá seus 52 municípios com acesso asfaltado, um marco na história de Rondônia. Dos 52 municípios rondonienses, apenas Pimenteiras e Campo Novo ainda não têm acesso pavimentado, mas as obras estão em andamento.

O projeto Asfalto Novo, segundo  o diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva, será executado em três eixos: restauração com microrevestimento asfáltico; restauração com asfalto usinado quando há necessidade de refazer a base; e com projetos de pavimentação de rodovia.

“Nos últimos anos o governo de Rondônia investiu maciçamente na pavimentação de rodovias, porém, os asfaltos antigos estão desgastados, precisam de recuperação”, frisou Neiva, lembrando que o governador Confúcio Moura quer prioridade na realização do projeto.

Na execução do programa de construção e manutenção das rodovias o DER conta com uma estrutura composta por quatro usinas de asfalto quente [Concreto Betuminoso Usinado a Quente – CBUQ] instaladas nos municípios de Porto Velho, Jaru, Ji-Paraná e Rolim de Moura; sete usinas de asfalto frio; e duas carretas de microrevestimento asfáltico, sem contar com maquinário e equipamentos utilizados na realização das obras.

“O mais importante é que além da estrutura, temos mão de obra qualificada. Nossas equipes são competentes e reconhecidas em todo o estado”, enfatizou Ezequiel Neiva.

Coordenador do Asfalto  Novo, o diretor operacional do DER, Adriano Furtunato, destacou a ampliação da utilização de mão de obra de reeducandos, num convênio com a Secretaria de Justiça (Sejus), chegando a 160 reeducandos que buscam a ressocialização por meio dos projetos realizados pelo DER.

MICROREVESTIMENTO

O Projeto Asfalto Novo foi iniciado com a aplicação do microrevestimento asfáltico na RO-370, no acesso ao município de Cabixi, no Sul do estado. Dos 37 quilômetros da rodovia, 30 já foram restaurados. Em seguida as máquinas seguem para outro trecho da RO-370, no acesso ao município de Corumbiara. Com o microrevestimento asfáltico, o DER pretende restaurar 420 quilômetros de rodovias neste ano.

Em outro eixo do projeto, o governo fará a restauração das rodovias com a utilização de asfalto usinado. Mas isso no caso de os pavimentos mais desgastados, esburacados e com a necessidade de refazer a base e aplicar novamente o asfalto. Nesta vertente,  o DER trabalhará tanto com a contratação de empresas para a restauração de algumas rodovias quanto com equipes próprias. “O objetivo é restaurar a maior quantidade de rodovias possível”, observou Ezequiel Neiva.

PAVIMENTAÇÃO DE RODOVIAS

Neste quesito, o governo está prestes a registrar um marco na história do estado: deixar os 52 municípios com acesso pavimentado. Apenas Pimenteiras e Campo Novo ainda não têm acesso 100% asfaltado, mas as obras estão em andamento. Outro grande projeto de pavimentação de rodovia em andamento é o da RO-257, de Ariquemes a Machadinho do Oeste.

Fora os projetos em andamento, obras importantes serão iniciadas em 2017, como é o caso do asfaltamento da RO-370 (Rodovia do Boi), no Sul do Estado; a RO-133 (Estrada do Calcário) na região dos municípios de Pimenta Bueno e Espigão do Oeste; e a RO-005 (Estrada da Penal) em Porto Velho.

CONFIRA A RELAÇÃO DE OBRAS EM ANDAMENTO E AS RODOVIAS QUE SERÃO RESTAURADAS


PAVIMENTAÇÕES EM ANDAMENTO:

Anel Viário de Ji-Paraná – 13 quilômetros de extensão;

RO-257 – Ariquemes ao distrito do 5º BEC (Machadinho D’ Oeste) – 72 quilômetros de extensão;

BR-421 – Acesso ao município de Campo Novo – 24 quilômetros de extensão;

BR-435 (antiga RO-399) – Cerejeiras a Pimenteiras- 38 quilômetros de extensão;

RO-473 – de Urupá a Alvorada D’ Oeste – concluir 3 quilômetros;

RO-464 – da BR-364 ao município de Tarilândia – concluir 4 quilômetros.

RODOVIAS QUE SERÃO RESTAURADAS COM ASFALTO USINADO:

RO-010 – da BR-364 em Pimenta Bueno até o distrito de Migrantenópolis (Novo Horizonte) com 106 quilômetros de extensão;

RO-460 – da BR-421 até o município de Buritis – 55 quilômetros de extensão;

RO-135 – de Ji-Paraná até a BR-429, passado pelo distrito de Nova Londrina – 35 quilômetros de extensão;

RO-479 – BR-364 até o distrito de Nova Estrela – 9 quilômetros de extensão;

RO-464 – da BR-364 ao município de Theobroma – 26 quilômetros de extensão;

RO-463 – da BR-364 ao município de Governador Jorge Teixeira – 26 quilômetros de extensão;

RODOVIAS QUE SERÃO RESTAURADAS COM MICRO REVESTIMENTO ASFÁLTICO

A previsão é restaurar 420 km de rodovias com o microrevestimento em 2017

RO-370 – do Trevo de Colorado até o município de Cabixi – 37 quilômetros de extensão

RO-370 – do Trevo de Cerejeiras até o município de Corumbiara – 22 quilômetros de extensão

RO-387 – da BR-364 até o município de Espigão do Oeste – 28 quilômetros de extensão

RO-391 – da BR-364 até o município de Chupinguaia – 48 quilômetros de extensão

RO-383 – de Cacoal até o distrito de Nova Estrela -38 quilômetros de extensão

RO-205 – da BR-364 até o município de Cujubim – 68 quilômetros de extensão

RO-459 – da BR-364 até o município de Rio Crespo – 29 quilômetros

RO-133 – de Theobroma ao município de Machadinho D’ Oeste – 115 quilômetros de extensão

RO-458 – BR-364 até a Vila Triunfo – 29 quilômetros de extensão

 

NOVOS ASFALTAMENTO PARA 2017

RO-370 (Rodovia do Boi) – de Corumbiara ao distrito de Vitória da União – 20 quilômetros de extensão

RO-133 (Rodovia do Calcário) – De Espigão do Oeste até a Usina de Calcário – 50 quilômetros de extensão

RO-005- Estrada da Penal – Projeto para pavimentação – 31 quilômetros de extensão

 

MANUTENÇÃO COM OPERAÇÕES TAPA BURACO

RO-480 – do perímetro urbano de Ji-Paraná até a RO-133 na cidade – 8 quilômetros

RO-133 – da RO-480 até o distrito de Nova Colina – 14 quilômetro

RO-257 – De Ariquemes até o km 30 sentido Machadinho – 30 quilômetro de extensão

RO-459 – da BR-364 ao município de Alto Paraíso – 23 quilômetro

RO-140 – da BR-364 ao município de Cacaulândia – 41 quilômetro

RO-135– da RO-010 até o município de Novo Horizonte – 2 quilômetro

RO-479 – Campus da Unir em Rolim de Moura – 38 quilômetro

RO-267 – Da RO-479 em Rolim de Moura sentido Trevo de Castanheira – 22 quilômetro

RO-135 – Da RO-267 até o município de Castanheira – 9 quilômetro

RO-481 – da Nova Brasilândia a São Miguel do Guaporé – 51 quilômetro

RO-471 – da BR-364 ao município de Ministro Andreazza – -27 quilômetro

RO-494 – do entroncamento da RO-010 até Primavera de Rondônia – 12 quilômetro

RO-491 – de São Felipe até o entroncamento da RO-492- 4 quilômetro

RO-492  – São Felipe a Parecis – 38 quilômetro

RO-470 – da BR-364 até o município de Mirante da Serra – 60 quilômetro

RO-470 – da BR-364 até o município de Vale do Paraíso – 36 quilômetro

RO-473 – da BR-364 até o município de Urupá – 57 quilômetro

 

Fonte
Texto: Nilson Nascimento 
Fotos: Nilson Nascimento 
Secom - Governo de Rondônia