Policial repreende traficante em bar e é golpeado na cabeça

policial | 27/08/2018 Print Friendly and PDF
Policial repreende traficante em bar e  golpeado na cabea

Um policial militar, de 49 anos, foi golpeado na cabeça, com caco de garrafa de vidro, na madrugada desta segunda-feira (27), ao repreender um traficante de drogas que comercializava entorpecente no banheiro de um bar, na Zona Leste de Porto Velho. Pouco antes, o criminoso teria tentado afogar o militar em uma caixa d’água, dentro do banheiro. A esposa do PM o ajudou e evitou o afogamento.

O caso, registrado como tentativa de homicídio, aconteceu em um bar localizado na Rua Alexandre Guimarães, no Bairro Tancredo Neves. Gravemente ferido, o PM foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Leste.

À polícia, a esposa do militar disse que o casal estava em um bar e, quando o marido foi ao banheiro, sofreu a primeira tentativa de homicídio. A mulher conta que ouviu barulhos estranhos vindos do banheiro, foi verificar e viu o militar sendo afogado em uma caixa d'água, por um homem de camisa branca e bermuda jeans. Se não fosse pela interferência da mulher, o PM teria morrido, segundo informou a esposa à Polícia Militar.

Depois da confusão, a mulher retornou à mesa com o marido. Momentos depois, o militar foi novamente ao banheiro e, no caminho, foi agredido com golpe de garrafa na cabeça. O autor da agressão, segundo a mulher, é o mesmo homem que tentou afogar o marido dela. Duas equipes da PM foram ao local, mas o suspeito não foi preso.

De acordo com o militar, o agressor teria oferecido drogas a ele, os dois discutiram, e o traficante tentou afogá-lo. Devido o marido ter sofrido um grave ferimento na cabeça, a mulher guardou a arma que o policial estava portando até que a PM chegasse. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia local.